Buscar

Acupuntura faz diferença?

A acupuntura e a medicina tradicional chinesa realmente fazem a diferença para a fertilidade?


Um número crescente de pacientes de fertilidade se submetem à acupuntura para aumentar suas chances de conceber.


Quais os fundamentos da acupuntura, seu "mecanismo de ação" na fertilidade e os dados concretos sobre se o uso da acupuntura melhora as taxas de nascidos vivos. Como em qualquer tratamento, a acupuntura exige um custo financeiro e temporal.


A literatura médica é confusa quando se trata de tirar conclusões sobre se a acupuntura ajuda as mulheres a ter um bebê saudável. Isso se deve a problemas associados à metodologia de pesquisa que não reflete com precisão o que acontece na prática clínica do mundo real. As principais questões associadas à pesquisa que a tornaram menos reflexiva da prática clínica incluem baixas dosagens de acupuntura, tratamentos que não foram adaptados para pacientes individuais, escolha imprudente de pontos de acupuntura e uso de acupuntura simulada ou placebo como controle. Este controle mostrou-se terapeuticamente benéfico devido a todos os benefícios da acupuntura sem agulha e, portanto, não reflete um verdadeiro resultado de controle. O que a pesquisa efetivamente demonstra é que a acupuntura é:


  • Eficaz em mitigar a ansiedade do paciente durante o tratamento

  • Eficaz em comparação com “sem acupuntura” (cuidados habituais)

  • “Dependente de frequência” mais provável ser eficaz quanto mais vezes for administrado

  • Mais útil quando iniciado meses antes do início da estimulação e continuado até a transferência de embriões